ABS
Vida
ABS
Vida
ABS
Vida
ABS
Vida
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Mais
Manual para Líderes de Igreja - Parte A
Edição 2017

“O material de evangelismo da ABS Vida pode ser copiado e livremente distribuído desde que não se faça alterações e que a distribuição seja gratuíta”.

Para Pastores e Líderes

Clareava o dia numa praia do Mar da Galileia. Alguns
pescadores retornavam sem nada apanharem. Pedro, um
deles, não sabia, mas um Mestre o esperava na praia, e com
Ele uma prova.
Nessa prova, Pedro respondeu a três perguntas. Em
todas as respostas, a confissão de amor ao Mestre e
Salvador Jesus. Aprovado, Pedro recebeu as ovelhas do
Senhor Jesus para delas cuidar.
Ainda hoje, essa tem sido a marca dos verdadeiros
discípulos de Jesus: o amor a Jesus.
Deus Pai amou o mundo de tal maneira que deu seu
Filho Jesus (João 3:16). Jesus amou os que nele creem e deu
a sua vida por eles (João 15:13). O Espírito Santo derrama o
amor de Deus no coração dos salvos (Romanos 5:5).
O mundo necessita do amor de Deus.
Para socorrer este mundo tão carente, o amor de Deus
precisa estar presente na vida dos que servem a Jesus, dos
que anunciam o Evangelho e dos que pastoreiam as ovelhas
amadas de Jesus!
 
Este Manual foi escrito para ajudar pastores e líderes
que amam a Jesus e querem oferecer o melhor para Ele,
servindo-o na igreja local ou na plantação de igrejas novas.
 
No amor de Deus,
 
Rubens Postigo
 
Informações Importantes

Em primeiro lugar, a Bíblia Sagrada
Este livro vai ajudar você a saber mais sobre as
atividades do pastor e do líder na igreja local.
Em caso de dúvida ou discordância doutrinária,
prevalece o que está escrito na Bíblia, que é
a verdadeira fonte de conhecimento de Deus.

Citação de Textos Bíblicos
Os textos bíblicos foram extraídos da Bíblia Sagrada,
edição Revista e Corrigida.
Quando se utilizou a edição Revista e Atualizada,
na referência consta a indicação RA.
Ambas as Bíblias são editadas pela Sociedade
Bíblica do Brasil.
Para destaque, algumas palavras dos versículos
foram sublinhadas.
 
Sobre o Autor
Rubens Postigo tem o seu ministério dedicado à
evangelização. Desde 1995 é diretor da Missão ABS
Vida. Também é autor dos livros “Manual de
Evangelismo Pessoal”, “Manual da Vida”, “Livro do
Adolescente Vencedor” e “Criança Amiga de Deus” e
de uma coleção de 19 folhetos para evangelização de
adultos, jovens e crianças.
 
Copyright 2017 Rubens Postigo
Todos os direitos reservados
 
Sobre a Missão ABS Vida
O autor Rubens Postigo é diretor da Missão ABS Vida.
A ABS Vida é uma missão evangélica, brasileira, que
serve a Jesus em comunhão com igrejas evangélicas
tradicionais e pentecostais.
A ABS Vida tem como missão:
• anunciar o Evangelho do Senhor Jesus,
• incentivar a evangelização e
• apoiar de forma prática os evangelizadores.
 
ABS Vida
Agência Evangélica de Busca e Salvação
www.absvida.com.br
Fone: (11) 2910-0679 - São Paulo - SP
Quem Ama Evangeliza

Conheça os recursos oferecidos pela ABS Vida
Veja informações sobre sites de evangelismo, cursos e
material de evangelismo nas páginas finais deste texto.
 
Assuntos
 
A Igreja de Jesus
1. Ensino da Palavra de Deus
2. Igreja, Espírito Santo e Poder
3. A Oração
4. A Intercessão
5. A Adoração
6. Igreja Atraente
7. Igreja Acolhedora
8. Culto nas Casas
9. Evangelização
10. Fazendo Discípulos
11. Formando Obreiros
A Missão ABS Vida
Como usar este livro como um
Curso para Líderes de Igreja
 
A Igreja de Jesus
 
No conceito bíblico, a palavra “igreja” é usada para
representar as pessoas salvas pela fé em Jesus Cristo.
Nesse sentido, ao usar essa palavra, podemos nos
referir aos salvos que se reúnem no mesmo local (igreja
local) e também aos salvos do mundo todo em todos os
tempos (Igreja Invisível).
No entanto, a palavra “igreja”, no sentido de
organização humana, também é usada para indicar o local
físico das reuniões e o nome da organização religiosa.

Igreja Local
Jesus disse que estaria presente numa reunião de duas
ou três pessoas, se essa reunião fosse feita para Ele, veja:
“Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu
nome, aí estou eu no meio deles” (Mateus 18:20).
Sabemos que Jesus está presente na vida de cada
crente, pois Ele disse que viria para fazer morada naqueles
que obedecessem a sua palavra (João 14:23).
Mas, quando as pessoas se reúnem em nome de Jesus,
Jesus também estará presente entre essas pessoas.
Então, quando as pessoas se reúnem em nome de
Jesus, haverá também a bênção da igreja: a comunhão dos
salvos entre si e a comunhão dos salvos com o Salvador
Jesus.
 
Igreja Invisível
Desde o tempo dos apóstolos até nossos dias, muitas
pessoas já se reuniram, e muitas outras ainda se reúnem,
formando uma igreja local.
Juntando-se as pessoas salvas de todos os lugares do
mundo em todos os tempos, temos, então, a Igreja Invisível
do Senhor Jesus Cristo.
Aos que já partiram, chamamos de Igreja Triunfante.
Aos que ainda vivem, chamamos de Igreja Militante.
Assim, toda pessoa salva pela fé em Jesus faz parte:
• da igreja local, quando participa de um grupo que
se reúne em nome de Jesus no mesmo local
• da Igreja Invisível, quando se juntam as pessoas
salvas do mundo todo.
 
Igreja de Jesus, Viva e Vencedora
Jesus disse sobre a sua Igreja:
“Edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não
prevalecerão contra ela” (Mateus 16:18b).
A igreja local, grande ou pequena, pode mudar de
endereço, sofrer com a saída de alguns membros, enfrentar
dificuldades para crescer, ter dúvidas sobre usos e
costumes, sentir falta de obreiros dedicados e passar por
outras dificuldades.
Apesar disso tudo, a igreja local, como parte da Igreja
Invisível do Salvador Jesus, sempre será Viva e Vitoriosa,
muito valiosa para Deus.
O cuidado de Jesus com sua igreja e o futuro que Ele
tem reservado para ela foram revelados pelo Espírito Santo,
por meio do Apóstolo Paulo:
“Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador
do corpo [...] Cristo amou a igreja e a si mesmo se
entregou por ela, para a santificar, purificando-a com a
lavagem da água, pela palavra, para a apresentar a si
mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa
semelhante, mas santa e irrepreensível” (Efésios 5:23b-27).
Glória a Deus! Jesus amou a igreja e se entregou por
ela, para a apresentar a si mesmo Igreja Gloriosa, Santa e
Irrepreensível!
 
1– Ensino da Palavra de Deus
 
Há muitas atividades que a igreja local precisa
realizar. Dentre essas atividades, deve ser destacado o
ensino da Palavra de Deus.
Conhecer a Deus, como se aproximar de Deus, o que
Deus espera do homem, o plano de salvação em Jesus, o
juízo final, a eternidade na presença de Deus.
Estes assuntos precisam ser anunciados ao mundo que
ainda não conhece a Cristo.
E mais, aqueles que aceitam a Jesus, e se tornam
membros da igreja, também precisam crescer no
conhecimento da Palavra de Deus.
 
Vamos dizer ao mundo que Jesus é o Salvador
O mundo precisa conhecer a Deus, Jesus disse:
“Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de
Deus” (Mateus 22:29b).
Jesus, o Filho de Deus, veio trazer as boas novas de
salvação para todas as pessoas. Jesus é o único caminho
para o homem chegar a Deus.
Antes de subir ao céu, Jesus entregou aos seus
discípulos a tarefa de anunciar o Evangelho.
Agora, os servos de Jesus se dedicam a essa nobre
missão, que é levar a preciosa mensagem de salvação ao
mundo.
O homem pecador precisa ouvir a pregação do
Evangelho. Reconhecendo que é um pecador, arrependido e
crendo em Jesus, ele pode receber a salvação.
Levar a mensagem de salvação ao mundo é a melhor
tarefa que alguém pode realizar nesta terra. Essa tarefa
nunca pode ser esquecida pela liderança da igreja local.
 
Vamos ensinar aos salvos a Palavra de Deus
Como um corpo vivo, o grupo de salvos em Jesus,
formando uma igreja local, necessita de alimento, tal como
Jesus disse:
“Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra
que sai da boca de Deus” (Mateus 4:4b).
A pessoa salva pela fé em Jesus vai continuar vivendo
neste mundo, na mesma família humana, na mesma escola,
no mesmo trabalho.
Para se manter firme na fé, para viver uma vida
vitoriosa e para dar o seu testemunho ao mundo, a pessoa
salva precisa ser sustentada pela Palavra de Deus.
Sabendo dessa verdade, o salmista pediu a Deus:
Sustenta-me conforme a tua palavra, para que viva
(Salmos 119:116a).
Para cada momento e para cada situação da vida
humana, a Bíblia tem a orientação segura e abençoada.
O ensino da Palavra de Deus para as pessoas que já
creem em Jesus é tarefa de grande necessidade. Essa tarefa
nunca pode ser esquecida pela liderança da igreja local.
 
Como pregar a Palavra de Deus
Vamos falar da pregação expositiva. Neste tipo de
mensagem, o pregador busca, num texto da Bíblia, o seu
ponto principal e, então, desenvolve a pregação para
esclarecer esse ponto.
O pregador, então, amplia o ponto principal desse
texto, facilitando o entendimento e ajudando os ouvintes a
reagirem positivamente diante desse conhecimento.
A pregação expositiva pode ser assim conduzida:
Introdução: fase inicial da mensagem, quando o pregador
apresenta motivos para despertar o interesse dos ouvintes,
de modo que eles fiquem atentos durante a pregação.
Leitura: leitura do texto bíblico, destacando o ponto
principal do texto e da pregação.
Exposição: explicação do texto lido, levando em conta a
época e o lugar em que os fatos aconteceram, as pessoas
que participaram dos fatos, como foram influenciadas etc.
Aplicação: o valor do texto hoje, o que aprendemos desse
texto, o que Deus espera que nós façamos, como podemos
mudar nossas atitudes depois de conhecer esse assunto.
Em algumas pregações que despertam as pessoas para
um compromisso, o pregador pode finalizar a mensagem
com um convite e oração.
As pessoas podem ser chamadas para vir à frente ou,
no caso de isto causar inibições, a oração pode ser feita
com as pessoas nos seus lugares.
 
Cultos Públicos e Cultos Íntimos
Ao preparar a mensagem para o culto, devemos saber
se o culto será público, quando se espera maior presença de
visitantes, ou culto íntimo, quando a maioria ou a totalidade
dos presentes será de membros da igreja.
Podemos utilizar a mesma mensagem, mas observar:
No culto público: mais importância para as palavras de
s alvação, buscando alcançar o coração dos não crentes.
No culto íntimo: mais importância ao ensino, pensando em
firmar a fé e o testemunho dos membros da igreja.
Devemos estar atentos ao andamento do culto,
cuidando para que outras atividades não avancem muito e
diminuam o tempo da pregação da Palavra. O tempo para a
mensagem pode variar de 20 até 40 minutos.
 
Pregação, Espírito Santo e Poder
Na preparação da mensagem, o pregador deve buscar
a direção de Deus, sendo fiel à sua Palavra. Os discursos
humanos podem distrair, mas não edificam espiritualmente
a igreja de Jesus.
Além de fiel à Palavra, o pregador também deve
manter-se sempre humilde, reconhecendo sua dependência
da presença e da operação do Espírito Santo.
Quem prega a Palavra de Deus enfrenta constante luta
espiritual, por isso ele necessita fortemente do poder de
Deus e da demonstração do Espírito Santo para cumprir sua
missão de forma vitoriosa.
 
Recomendações Importantes para Pregadores
Pregador, para se preparar melhor para a pregação da
Palavra de Deus, utilize uma Bíblia de estudo, leia livros e
faça cursos bíblicos, mesmo por correspondência ou pela
internet.
Aproxime-se mais de Deus para que suas mensagens
também levem seus ouvintes à presença de Deus. Ore, jejue
e viva em temor e obediência à vontade do Senhor Jesus.
Quando pregar sobre o Velho Testamento, faça a sua
ligação com o Novo Testamento. Procure manter como
centro da mensagem, ou em sua conclusão, a gloriosa
pessoa do Salvador Jesus.
Em suas mensagens não se esqueça do Calvário, veja
o que Paulo disse:
Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus
Cristo, e este crucificado” (1Coríntios 2:2).
 
A Igreja de Jesus, Viva e Vencedora
A igreja de Jesus tem a missão de anunciar o
Evangelho ao mundo pecador. Depois de evangelizados,
aqueles que se juntam à igreja, pela fé em Jesus, também
precisam receber o ensino da Palavra de Deus.
Somente na Palavra de Deus o ser humano pode
encontrar vida, hoje e para a eternidade.
Jesus disse: “Se alguém guardar a minha palavra,
nunca verá a morte” (João 8:51b).
Jesus também disse: “As palavras que eu vos disse são
espírito e vida” (João 6:63b).
 
Questões sobre o Capítulo 01

1 – Em qual culto devemos dar mais atenção à mensagem
de salvação?
A ___ Culto de Oração
B ___ Culto de Ensino
C ___ Culto Público

2 – Este capítulo recomenda não esquecer de pregar sobre:
A ___ O Nascimento de Jesus
B ___ O Calvário
C ___ O Dilúvio
 
3 – Qual destas atividades é a mais importante?
A ___ Curso de Música
B ___ Cantina das Irmãs
C ___ Ensino da Palavra de Deus
 
4 – Na pregação expositiva podemos seguir esta ordem:
A ___ Leitura > Explicação > Aplicação
B ___ Leitura > Testemunho > Ofertas
C ___ Leitura > Oração > Cântico
 
 
2– Igreja, Espírito Santo e Poder
 
Jesus enviou os discípulos ao mundo para anunciar o
reino de Deus. Mas, antes, os capacitou com poder do alto.
Jesus disse aos seus discípulos:
“Recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir
sobre vós; e ser-me-eis testemunhas [...](Atos 1:8).
O Apóstolo Paulo declarou que a sua pregação do
Evangelho não foi somente em palavras, mas também em
poder e no Espírito Santo.
À igreja em Corinto, Paulo afirmou:
“A minha palavra, e a minha pregação, não consistiu em
palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em
demonstração de Espírito e de poder” (1 Coríntios 2:4).
À igreja em Tessalônica, Paulo escreveu:
“Porque o nosso evangelho não foi a vós somente em
palavras, mas também em poder, e no Espírito Santo”
(1 Tessalonicenses 1:5a).
Como foi no início, também agora os discípulos de
Jesus estão em constante luta espiritual, por isso eles
necessitam fortemente do poder de Deus e da demonstração
do Espírito Santo para cumprir sua missão na terra de
forma vitoriosa.
Busquemos o poder do alto. Que o poder de Deus e o
Espírito Santo estejam sempre presentes em todas as
atividades da nossa igreja local!
 
3– A Oração
 
A oração é um momento de ficarmos mais perto de
Deus e falarmos com Ele. A oração que agrada a Deus tem
que sair de dentro do coração e não somente da boca.
Oramos a Deus Pai, em nome de Jesus. Na oração, o
Espírito Santo também se faz presente, intercedendo por
nós.
Jesus dedicava tempo à oração:
E aconteceu que naqueles dias (Jesus) subiu ao monte a
orar, e passou a noite em oração a Deus” (Lucas 6:12).
Um discípulo pediu a Jesus que os ensinasse a orar, e
recebeu como modelo a oração que chamamos de Pai
Nosso (Mateus 6:9-13).
Muitos trechos no Novo Testamento nos exortam a
buscar a Deus em oração, como este:
“Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos, e os seus
ouvidos atentos às suas orações” (1 Pedro 3:12a).
Podemos oferecer a Deus orações e súplicas, com
clamor e lágrimas, em situações aflitivas, urgentes e de
grande necessidade, derramando mais intensamente nossa
alma a Deus (Hebreus 5:7).
Também podemos praticar períodos de jejum,
aumentando, assim, o poder da oração. No jejum,
reconhecemos nossa fragilidade como ser humano e
confessamos a Deus a nossa total dependência de seu favor.
 
Igreja em Oração - Recomendações
• Ensine os membros da igreja sobre o valor da oração,
• Mostre, pela Bíblia, a necessidade de orar,
• Faça reuniões de oração durante o dia (manhã ou tarde),
• Dedique mais tempo à oração nos cultos de ensino,
• Estabeleça um período de oração antes de cada culto e
antes da escola dominical,
• Reserve um domingo por mês para um culto de oração,
que poderá ser das 8:00h às 12:00h, com interrupção
para a escola dominical,
• Programe períodos de oração mais intensos e
prolongados, conforme a necessidade,
• Convoque os membros para orarem em suas casas e
• Apresente os testemunhos das bênçãos recebidas.
 
Oração e Intercessão
Na oração, nós nos aproximamos de Deus para:
agradecer, adorar, pedir, ouvir e, entre outras bênçãos
presentes na oração, crescer na comunhão com Deus.
No momento da oração, podemos apresentar a Deus
pedidos por nós mesmos e também pedidos por outras
pessoas e causas.
Sendo assim, quando oramos a Deus, pedindo por
outra pessoa ou por uma causa, nós estamos fazendo uma
oração de intercessão.
A oração de intercessão é muito necessária para a
igreja. Saiba mais sobre oração de intercessão no capítulo
seguinte.
 
Questões sobre o Capítulo 03
 
5 – Na oração, nós nos aproximamos de Deus para:
A___ Reclamar das dificuldades da vida
B___ Lembrar a Deus que somos bons e justos
C___ Agradecer, adorar, pedir, ouvir e crescer na
comunhão com Deus
 
6 – Este capítulo fala de uma pessoa que passou a noite em
oração a Deus, quem foi?
A ___ Elias no Monte Carmelo contra os profetas de Baal
B ___ Pedro e João na prisão de Filipos
C ___ Jesus
 
7 – Como se chama o período que ficamos sem alimentos
para orar melhor?
A ___ Jejum
B ___ Súplicas e Clamor
C ___ Oração Forte

Pastores e líderes
Os textos expostos neste site são muito úteis no evangelismo, ensino, discipulado e formação de obreiros.
Você pode adquiri-los, na forma de livretos, neste site, clique a seguir >Quero Material de Evangelismo
Missão Evangélica ABS Vida
Missão Evangélica ABS Vida
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal